2010: ELIMINAÇÃO DA POBREZA – ASSOCIAÇÃO LIVRE DOS POVOS



PÁGINA 6-9: 2010: ELIMINAÇÃO DA POBREZA

Home – Mapa do Site


ÍNDICE PÁGINA 6-9

1. CAMPANHA GLOBAL PARA UM DESENVOLVIMENTO POSSÍVEL
2. ATIVAÇÃO IMEDIATA
3. PERGUNTAS - RESPOSTAS


1. CAMPANHA GLOBAL PARA UM DESENVOLVIMENTO POSSÍVEL

1. Nós, como Membros Livres da Libera Associazione Il Popolo (Associação Livre dos Povos), declaramos que o amor existe e a vida é um direito. O dia em que se tornarão eternos para todos virá logo. Assim sendo, paremos imediatamente cada forma de violência e de hostilidade de modo que a ajuda mútua seja total.
2. Os direitos humanos e os 3 Princípios Sociais da Não-violência . devem ser respeitados em toda parte, e devem ser a único padrão corrente na África, no mundo árabe e na América Latina.
3.Onde possível, empresas de pequeno porte devem ter turbinas hidráulicas, turbinas eólicas, os painéis solares, e quaisquer outros meios para produzir energia limpa por conta própria.
4. Todos os meios para produzir ou negociar bens e serviços devem ser concedidos àqueles assim dispostos. Uma propriedade particular, com sementes, esterco, consultoria, compra do produto e tanques para a preservação da água, terreno rural, pasto e produção de animais.
5. Todos os meios acima mencionados devem ser pagos sem pressão, em prestações sem juros, através da compra do produto.
6. Todos devem ser oferecidos um emprego e um salário.
7. Nós também exigimos que a água seja transferida dos lugares onde há uma abundância, como as fontes dos rios principais, aos lugares onde está faltando, como as áreas onde a desertificação está em processo. Transportado através dos sistemas de tubulação de água, de transporte marítimo, e de caminhões compatíveis com o meio ambiente. Plantas de dessalinização de energia limpa devem ser construídas onde possível. Ainda mais, novos tanques de coleção d’água e grandes cisternas d’água devem ser construídos.
8. O auxílio de técnicos desarmados da ONU deve ser fornecido, por pelo menos um ano, em toda parte que for necessário.
9. Esta campanha visa eliminar a pobreza até o ano 2010 promovendo o crescimento da economia global através do desenvolvimento das áreas rurais, a oferta de emprego, e empreendimentos por toda parte do mundo, especialmente nas áreas mais pobres.
10. Tudo que segue neste espírito é complementar e bem-vindo.
11. O financiamento deve surgir através de investimentos normais dos bancos principais e ser promovido nos meios de comunicação. As companhias empreenderão a venda dos produtos. Os sindicatos, as organizações humanitárias, os jornalistas e os monitores internacionais devem agir como protetores contra qualquer prática ilegal. Os governos, por sua vez, empreenderão a coleta de impostos e seu investimento na saúde, educação, direitos humanos, e a 2010: Eliminação da Pobreza.
12. No caso de práticas ilegais repetidas, as pessoas responsáveis deverão pagar os danos


2. ATIVAÇÃO IMEDIATA

Há uma abundância das maneiras de começar imediatamente e ser útil:
1. Você pode lançar asCAMPANHAS NA INTERNET
2. Você pode traduzir o Web site da Libera Associazione il Popolo para outros idiomas.
3. Você pode adicionar o Web site 2010: ELIMINAÇÃO da POBREZA a seus favoritos.
4. Você pode abrir um Web site pessoal com o mesmo conteúdo, por exemplo,2010:eliminazionepovertà.
5. Você pode discutir o assunto com seus amigos, colegas ou parentes.
6. Você pode ajudar outros a contatar organizações e instituições com meios econômicos a fim agir.
7. Você pode promover uma arrecadação de fundos para beneficiar um caso de pobreza que você conhece pessoalmente.
8. Você pode investir o seu dinheiro em um banco de confiança em um investimento internacional de crédito e nas companhias que respeitam os padrões éticos internacionais sobre direito, meio-ambiente e emprego.
9. Você pode escolher comprar somente produtos de acordo com os padrões éticos internacionais.
10. Você pode agir dentro de sua própria organização.
11. Você pode promover sua companhia através de iniciativas úteis a todos
12. Você pode escolher um trabalho que não seja prejudicial a ninguém.
13. Você pode introduzir uma descoberta, uma invenção, teorias científicas; você pode escrever um livro, fazer um filme, reportagem, um programa da tevê.
14. Você pode distribuir ou fixar panfletos em lugares permitidos.
15. Você pode participar de fóruns, reuniões; você pode escrever cartas às companhias, aos meios de comunicação e aos jornalistas para sensibilizar a opinião pública
16. Você pode ter uma tarefa secreta que você não discuti com ninguém.
17. Você pode pagar imposto.
18. Você pode realizar um serviço voluntário junto a organizações em que você confia.
19. Você pode dar um bom exemplo.
20. Você pode ajudar outros dentro dos limites de suas possibilidades.
21. Você pode tentar fazer amizades com pessoas com quem você normalmente não se dá bem.
22. Outros.


3. PERGUNTAS - RESPOSTAS

1. Se nós desejarmos começar 2010: Eliminação da Pobreza independentemente das grandes organizações e dos projetos caros que requerem tempo e habilidades profissionais, o que nós temos que fazer?
1. Desenvolva amizades e relacionamentos onde você quer ativar a campanha.
2. Compreenda o que é requerido para recolocar a economia em movimento (recipientes de água, eletricidade, sementes, esterco, arados, empresas de pequeno porte, alicates, pregos, roldanas, cordas, bicicletas, drogas...). Às vezes não é necessário muito.
3. Crie relacionamentos de confiança e solidez com pessoas ricas, conselhos e organizações municipais, diretamente ou através da INTERNET, pelo correio, mensagens em um frasco ou telefones celulares.
4. Explique para eles o que é necessário para reativar a economia e ouça suas opiniões.
5. Incentive-os a criar um investimento de confiança com seus amigos ou conhecidos.
6. Convide-os a comprar os meios necessários pelo correio ou diretamente durante uma visita ou uma viagem de ferias.
7. Avalie se preferem ser membros da atividade empresarial que você quer começar ou apenas investidores.
8. Tente conservar o dinheiro e investir o retorno. Tente vender histórias periódicas da vida de indivíduos, artigos manufaturados ou produtos locais para investidores ou àqueles interessados. Promova o turismo.
9. OfEsteja pronto para compartilhar os lucros com os membros ou para devolver dinheiro aos investidores. Se quiserem, poderão até mesmo estar dispostos a renovarem o investimento promovendo assim a economia outra vez.
10. Na dúvida, por favor mantenha em mente que o amor tem seu próprio preço, ninguém faz qualquer coisa por nada e que a caridade é um débito para a eternidade.

2. Esta não é uma afirmação muito imperativa?
Logo reconheceremos que a discriminação que os pobres têm que sofrer é o crime maior da humanidade. Se a ordem para agir estava faltando, agora ela se declara. Assim sendo, vamos lá, movimentemos-nos, à ação, chegou a hora de eliminarmos a pobreza!

3. Você fala sobre pessoas de pequenas empresas, direitos humanos e o meio-ambiente, amor e liberdade: isto é, uma salada global agradável sem uma base séria ou cientificamente provada.
Atualmente nós temos cinco dados científicos que podem ser provados através de qualquer investigação.
1. Onde os direitos humanos (democracia, políticas boas, meio-ambiente, rejeição de conflitos armados e competição desorganizada) são respeitados as coisas vão muito melhor para todos.
2. Por causa do efeito estufa e da poluição (em longo prazo estes podem corroer a economia) a produção de energia limpa deve ser aumentada.
3. Sabemos que o empreendimento de negócios é o segredo para uma economia boa. Uma das razões porque os sistemas comunistas falharam foi a falta de empreendimentos empresariais. Os empreendedores rendem o dobro, produzindo inovação e melhoria.
4. O emprego e as atividades produzem a dignidade, o desenvolvimento, a racionalidade, amor e riqueza para todos.
5. Alguns modelos ou iniciativas econômicas funcionam, mas outros não. Por exemplo, aquelas cidades industrializadas de 5-10 mil habitantes, turismo, produção de alimentos, saúde básica, possuem a produção de energia limpa, os shoping centers com supermercados grandes e pequenas lojas ... funcionam.
A fim de resolvermos cientificamente o problema da pobreza, todos os cinco dados acima mencionados devem ser considerados. Em nossa campanha global para um desenvolvimento possível, nós tentamos manter em mente todos estes cinco dados e o os três princípios sociais da não-violência. Não há nenhuma outra campanha para a eliminação da pobreza tão científica quanto a nossa. As outras são ideológicas, éticas, oportunistas ou morais, mas não científicas.

4. Você tem dados concretos sobre as demandas e as ofertas do mercado global?
Nenhum dado preciso, porém, de acordo com os estudos mais recentes do Centro de Pesquisa da L.A.P., nos próximos sete anos o mercado necessitará de turbinas (eólicas, hidráulicas ...), painéis solares, estações de força térmica (com painéis solares, madeira cultivada ...), poços e bombas para água, aquedutos, navios para transporte d’água, tanques sensíveis ao meio-ambiente, tanques para a preservação da água, turfa, esterco, húmus orgânico. No total, 1450 milhões de empregados novos, 520 milhões de empreendedores novos e 350 milhões deles plantando frutas e vegetais orgânicos e cultivando madeira e o húmus. Em particular, os países que mais exigirão estes serviços serão a Índia, China, Equador, Peru, Angola, Moçambique e a Burma... mas todos os outros também, incluindo Burkina Faso. Onde há empreendedores, empregados, água, alimento e eletricidade ali também há necessidade por casas, lâmpadas, tevês, supermercados, estradas, carros, escolas, hospitais, computadores ... seguro social ... direitos humanos ... democracia ... feriados ... arte ... felicidade, viagens intergalácticas ... eternidade. Um grande negócio para todos.

5. Um melhor sistema de saúde italiano faz parte de seu programa?
O serviço de saúde italiano é estatisticamente um dos melhores no mundo e por isso um modelo a ser seguido tanto na sua infraestrutura como no seu profissionalismo. Porém, isto não significa que não há nenhum erro profissional ou mau funcionamento no serviço de saúde. Assim sendo, uma cooperação total com a equipe de funcionários médicos é necessária para melhorar os serviços. Os maiores mau funcionamentos no serviço de saúde na Itália são determinados pelos exageros relacionados com alimento, vícios como o álcool e o tabagismo, a falta de informação adequada sobre o risco de determinadas doenças, comportamentos errados como a alta velocidade na direção ou acesso fácil aos veículos que superam 90 Km/h. É importante destacar a falta de serviços de saúde rápidos e gratuitos, tais como tratamento dentário, análises e check-ups com especialistas e saúde preventiva (por exemplo, escolas organizando passeios para o litoral ou às montanhas, cursos esportivos, atividades relaxantes e psicofísicas ou serviços específicos para as pessoas idosas, mentalmente doentes ou deficientes). Estes problemas são principalmente devidos à falta do financiamento público e, como sempre, os pobres terminam sendo discriminados. A falta de financiamento é devido ao fato que 15% de todos os impostos pagos é usado para pagar os juros do débito público e não para melhorar os serviços ou ajudar a outros países. Cada italiano tem 30.000 EURO em débito público, mas esta soma nunca diminui, desde que 15% de todos os impostos é destinado para pagar somente os juros deste débito e não para os reduzir. Graças à vontade incrível da maioria de sua equipe de funcionários médicos e a luta social contínua para a melhoria dos infraestruturas, a Itália desfruta de um nível bom de saúde. Porém, isto corroído pelos governos, sejam da esquerda ou da direita, que preferem pagar os juros do débito ao invés de melhorarem o Serviço de Saúde Nacional. A luta pela melhoria do serviço de saúde é para nós uma luta contra a pobreza, uma luta que, na Itália, deve propor um melhor uso dos recursos públicos e privados de acordo com necessidades primárias tais como o serviço de saúde gratuito para todos, para os pobres também, em toda parte, não somente na Itália.

6. Como você calcularia a taxa do regulamento financeiro?
(CE dividido por NE) para (N dividido por P) para (E dividido por P) para (W dividido por P) = X Sendo que:
CE: quantidade mundial total de energia limpa
NE: necessidade mundial de energia a ser calculada de acordo com o consumo médio europeu por cidadão
N: número total dos povos que desfrutam dos direitos humanos
P: população mundial
E: número total de empreendedores no mundo
W: número total de trabalhadores no mundo
X: taxa de crescimento real ou regulamento financeiro da economia global.

7. Você realmente pensa que podemos eliminar a pobreza até 2010?
Para nós, não são os mísseis, dinheiro, líderes ou as massas que irão melhorar o mundo, e sim, a difusão de idéias e descobertas e a aceitação de novos pontos de vista. - Se o que nós estamos propondo fosse verdadeiro, então as massas reconheceriam isto e se dedicariam fervorosamente para fazê-lo real. Entre 1988 e 1999 nós trabalhamos diariamente (e não éramos os únicos)revolução mental, difundindo um ponto de vista global, um verdadeiro sucesso. Desde 1999 nós assumimos uma nova empreitada, 2010 A Eliminação da Pobreza, uma campanha global para um desenvolvimento possível: visamos resolver todos os problemas do mundo com a eliminação da pobreza. Será um outro sucesso.

8. Você fala freqüentemente sobre os lobbies econômicos poderosos: um mundo em conflito não é vantajoso para eles?
Primeiramente devemos explicar quem são estes lobbies poderosos: são os Rockefellers, família real britânica, os Rothschild, os Murdoch, a Microsoft, o Ikea, as ligas, a igreja, os Berlusconi, as máfias, os Emirs... ao todo são entre 250-300 lobbies. Nós não advogamos nem desejamos arrancar suas entranhas nem roubar sua riqueza. Nós apenas acreditamos que todos os seres humanos devem ter sua própria casa, seu computador pessoal, sua escova de dente, seus direitos e sua liberdade. E alguém deve produzi-los e vender-los, não é mesmo? É estranho, porém verdadeiro, que atualmente são eles que têm os maiores problemas e seu problema maior é que estes lobbies são governados por gerentes ineficientes, corruptos e desatualizados. Se fizessem as contas, reconheceriam que eliminação da pobreza é muito melhor do que investindo em guerras. Obviamente, até agora, a guerra tem sido o maior empreendimento. Panelas, caixões, balas, sapatos, notícias da frente, poder, reconstrução, contratos, exploração do derrotado, reivindicações dos humilhados ... No momento, aqueles lobbies conectados ao dólar e à nova ordem ideológica, “Nova Roma - Império Mundial Americano”, predomina. Contudo são todos igualmente poderosos, interdependentes e cada um visa o poder absoluto. Uma guerra entre eles somente causaria a autodestruição e o devassamento total do mundo. A eliminação da pobreza e, conseqüentemente, os suprimentos para 6 bilhões de pessoas são o maior empreendimento econômico neste começo do terceiro milênio. Nenhuma guerra! A menos que assistiram tantos filmes e estão confundindo a coisa real com a virtual, o final feliz com a exterminação do mundo. Mas talvez alguém já se deu conta disto.

9. Você pode me explicar o fenômeno de ondas mentais?
Uma onda mental é algo que acontece no mesmo lugar e que envolve todos. Os exemplos típicos na natureza são hibernação no inverno, enxames e migrações de alguns animais. E estes são três exemplos de ondas mentais humanas:
- em um estádio, de repente, sem nenhum acordo prévio, todas as pessoas dizem o mesmo slogan;
- quando o sino soa todos os estudantes deixam a escola;
- nas férias, no primeiro de agosto, todos partem para o litoral.
Obviamente não todos: alguém no estádio permanecerá silencioso, alguns estudantes ficarão na sala de aula e infelizmente alguém trabalhará mesmo em agosto. Mas geralmente não podem deixar de fazer parte daquilo que está acontecendo ao seu redor e agirão conseqüentemente.

10. Quais são as datas e as estratégias da 2010: Eliminação da Pobreza?
Como nós já dissemos, entre 1988 e 1999 nós pavimentamos o caminho para um ponto de vista global pelo mundo inteiro. Nós tivemos uma margem de um ano e conseguimos terminar de acordo com o planejamento inicial. Em julho de 1999 nós começamos o segundo estágio: 2010: Eliminação Da Pobreza. Entre 1999 e 2003 nossa tarefa era definir a campanha e ativá-la ao menos em um ponto. Porém, muitos daqueles que tinham nos acompanhado durante o primeiro estágio não seguiram para o segundo estágio. Foi realmente duro. Para aqueles que não estão conosco mandamos lembranças, àquelas que desistiram desejamos muita fé. A todos, muitos agradecimentos. Nós queríamos chamá-la de “Arranha-Céu da Vida” ou “Condições Decentes de Vida Para Todos” mas escolhemos “2010: Eliminação Da Pobreza”. Entre 2003 e 2007 nós nos dedicaremos a preparar uma grande onda mental planetária ativando a 2010: Eliminação da Pobreza em tanto quantos lugares for possível. Entre 2007 e 2010, com um ano de margem, nós eliminaremos a pobreza. Mas junto com todos os povos e organizações. Somente então o terceiro estágio poderá começar.

11. Como podemos fazer parte do 2010: Eliminação da Pobreza?
Neste site, clique no ... ATIVAÇÃO IMEDIATA para ver todas as atividades possíveis.

12. Sua tarefa é muito boa, eu aprecio seu compromisso, você está certamente agindo de boa fé, mas infelizmente suas teorias estão cintilando: nós somos demasiadamente muitos na terra e não há matéria prima suficiente para todos, conseqüentemente o esforço para conquistá-la é inevitável.
Agradecemos a sua apreciação. Nós concordamos com o controle de natalidade, mas nós sabemos que há suficiente matéria prima para todos. Nós queremos tentar explicar cientificamente, sempre com exemplos que devem ser mais estudados. O recurso principal que nós necessitamos é energia. O sol e o vento são suficientes. Rios também. A madeira necessária para queimar nas estações de térmica nos países frios pode ser cultivada na tundra ou nas encostas de montanhas. As turbinas eólicas podem ser colocadas em toda parte, especialmente em plataformas marítimas perto dos litorais. Quanto às turbinas hidroelétricas, nós não recomendamos represas grandes que destroem o meio ambiente. Conseqüentemente, nós recomendamos outros sistemas inovativos, tais como as lâminas de moinho que giram graças à corrente em córregos principais de água ou em canaletas laterais. Pode haver diversos sistemas no mesmo córrego d’água. Em toda parte se conversa sobre a energia solar, mas nós gostaríamos de enfocar o sistema de vidro ardente de Archimedes para estações de força térmica. A energia solar que é refletida pelo vidro e o seu calor concentrado em um ponto para aquecer somente a água produzindo o vapor fazem a turbina girar.
A produção de energia deve ser acessível a todos; conseqüentemente qualquer tipo de mini-usina deve estar disponível para fornecer a energia que poderá mais tarde ser reembolsada através da compra da energia produzida. A água é o recurso o mais abundante de nosso planeta. A energia para a dessalinização, a potabilidade e o transporte pode ser obtida pelos métodos acima mencionados. E o mesmo é para a água da irrigação. A energia de plantas eólicas ou solares é produzida somente em períodos precisos do dia ou do ano e ela pode também ser usada para produzir o hidrogênio líquido ou ar comprimido. Tudo isto beneficiaria os lobbies da produção de petróleo ou de automóveis, já que são muito beneficiados por esta indústria. Se conseguissem vender para cada habitante da terra uma mini usina para a produção de eletricidade, teriam lucros grandes. E com a compra e a distribuição da energia também. A produção de óleo não seria interrompida, e sim diluída no tempo. O sistema industrial relacionado à extração, transporte e à distribuição usados também para a água: a tecnologia é a mesma.
As grandes aquisições, o controle e a posse ao detrimento de outros fazem parte de uma mentalidade que já foi positiva, mas que hoje não é mais útil. Agora empreitada verdadeira é juntar todos os esforços e fazer serviços acessíveis a todos. Devemos também ficar de olho na reciclagem, preservação de energia, desperdício e o consumo inútil. Finalmente, quanto a algumas matérias primas muito escassas, tais como diamantes, poderemos assegurá-los e empregá-los e tentar ganhar um retorno, assim dando a todos a possibilidade de apreciar sua beleza.

13. O movimento na China contra a pena de morte é compatível com a campanha 2010: Eliminação da Pobreza?
Não é apenas compatível, mas também complementar, uma das múltiplas implicações da 2010 Eliminação da Pobreza. Na China, como nos EUA e em outras partes do mundo, a pena de morte afeta principalmente os pobres que não tem recursos para pagar um bom advogado e nem não podem corromper juizes ou subornar testemunhas. Não há dados disponíveis para a China, mas nos EUA testes comprovam que a metade das sentenças nos últimos 50 anos foi aplicada em pessoas pobre ou inocente. A questão dos presídios será analisada no Ponto quatro da PLANTA GLOBAL da Associação Livre dos Povos. .

14. Qual é a sua proposta para a redução da dívida?
Em geral, nós pensamos que os débitos não devem ser cancelados. Contudo nós mantemos que os interesses que se derivam destes débitos não devem ser pagos. Conseqüentemente, os termos do reembolso devem ser revisados e os juros amadurecidos devem ser considerados como parte da quitação do débito. Ou seja, isto significa a eliminação da agiotagem (mesmo uma taxa de usura de 2%) e a obstrução da inflação monetária global. Conseqüentemente, o capitalismo se tornaria investimento e investimentos, não capitais, dariam um retorno: os certos dariam um rendimento, e os errados não. A forma mais segura de investimento seria os vários fundos de investimento graças ao cumprimento, por parte das companhias, das normas éticas internacionais no que se refere ao meio-ambiente e os direitos humanos.

15. Você fala sobre “fundos de investimento”: o que você quer dizer com isso?
Doações e ofertas são boas, contudo não suficientes e, sobretudo não ajudam à economia crescer. Fundos de investimento para nós significam: Per fondi di investimento intendiamo principalmente 3 cose:
1. Fundos de investimento internacionais comuns das instituições financeiras grandes que cumprem com as normas éticas internacionais sobre direitos, meio ambiente e trabalho. Estes fundos já existem, mas representam somente o 4% do mercado dos fundos apesar de provar sua rentabilidade nos últimos 10 anos.
2. Arrecadação de fundos entre amigos e conhecidos para auxiliar uma situação de pobreza que alguém conhece pessoalmente.
3. Guardar e investir o próprio dinheiro em uma das atividades acima mencionadas.

16. Você poderia nos dar um exemplo de um projeto empresarial realizado numa área carente?
Na resposta da primeira pergunta já existem algumas dicas. Mas vamos tentar dar um exemplo para uma área em que a desertificação está acontecendo. Se nós estivermos errados, corrija-nos por favor. Um investimento inicial de 20.000 Euro e então um outro investimento de 4.000 Euro/ano por cinco anos em criação extensiva: assim, no fim dos cinco anos, isto dará um retorno de 200.000 Euro
1. Encontre um tanque de tamanho médio para armazenar a água e reboque-o para algum lugar.
2. Compre água e entregue-a num navio tanqueiro.
3. Adquira algumas toneladas de humus orgânico e alguns tubos de borracha e corte-os em pedaços de 50 cm.
4. Reproduza e plante milhares de arbustos de diversos tipos de bagas e de dez diferentes tipos de arvores de troncos grande e forneça água a estes usando tubos enterrados na terra.
5. Compra centenas de cabras.
6. Crie as cabras.
7. Colha o excremento, deixe-o amadurecer e use-o para adubar os arbustos.
8. Ajude os vilarejos próximos a fazer o mesmo ou até melhor.

17. Desculpe-me, mas em termos técnicos não posso ver como a pobreza será eliminada assim em tão curto prazo.
A humanidade tem um grande recurso, e este é, os exércitos. O uso intensivo de forças de paz desarmadas será a chave da história humana. Por exemplo, as tropas distribuídas no Iraque poderiam ter sido usadas para construir hospitais, para treinar pessoal qualificado, e ajudar começar atividades agrícolas ou empresarias. Haveria igualmente um negócio para aqueles lobbies que fornecem os exércitos e lucrariam certamente explorando os poços de petróleo. O que poderia ter sido feito no Iraque é o que deve ser feito em Cuba, Venezuela, Coréia, Síria, Palestina, Sudão, Zimbábue, Libéria, Moçambique, Angola ... e isto é, ajudar as forças de paz desarmadas a promoverem a economia e eliminar a pobreza. Se os EUA não o quiserem fazer, se a ONU não puderem, que tal a Europa?

18. E sobre a autodeterminação dos povos?
Este conceito sozinho não tem sentido, já que deve ser acompanhado pela cooperação, união, interação, integração, um ponto de vista global, a não violência, e sobretudo a eliminação da pobreza. O que é que um dos 14 milhões de pobres que morrem cada hora, de uma mordida de mosquito, pode fazer para autodeterminar a sua vida?

19. Ta certo, mas estas tarefas não poderão ser cumpridas sem uma intervenção armada para eliminar o mal. Primeiro é necessário eliminar pessoas intolerantes para então ser mais fácil eliminar a pobreza.
Primeiramente nós recomendamos tomar uma posição mais tolerante. Alguém pode discutir que você é intolerante e assim ser um dos primeiros a ser eliminado. Em segundo lugar, sua afirmação é falsa. O que é este mal, que é o bandido? Você pensa que há mais liberdade e democracia na Itália do que em Cuba, China ou na Palestina? O que é liberdade? Durante 15 anos nós temos nos comprometidos à ação social, mas até agora nem os jornais nem as tevês nos deram atenção, nós não temos uma sala para nos reunir, e nem financiamento para ajudar as pessoas carentes. Nos cobraram milhares de euros para aparecer na tevê e falar sobre o ponto de vista global. Nos pediram para comprar muitas ações de uma editora para poder sair um artigo no jornal. Quando fixamos panfletos nas paredes com fita adesiva de papel, nós fomos multados milhares de euros. Há 15 anos nós começamos com demonstrações públicas não violentas para expor a necessidade por amor, da devastação da floresta e o genocídio de populações indígenas; porém, após um tempo nós tivemos que parar porque os meios de comunicação nos ignoraram enquanto os bastões polícias não. Esta é a liberdade e a democracia da qual as pessoas falam? Há muito mais liberdade de imprensa em Moçambique do que na Itália sob a ditadura de Berlusconi, da Confindustria (Federação Industrial da Itália), da igreja e dos sindicatos. Nos EUA, Austrália, Suécia, Alemanha ou na Inglaterra é a mesma coisa. Nos EUA, os prisioneiros são 2% da população, enquanto na Itália são 0.1 %. É esta liberdade “made in the USA” que a Itália quer? Somente agora, graças à Internet, um podem falar sobre a liberdade de pensamento. Mas é só o começo. A verdade é que se à Palestina, à Gaza construir uma planta de dessalinização de água, ninguém nos prejudicaria. Se fôssemos a Cuba construir balneários turísticos, à Coréia para crescer vegetais orgânicos, a Índia aos rios do embank, a Moçambique para ensinar a agricultura ou aos Andes para construir sistemas bombeando da água ninguém apontaria um injetor a seu temple, ninguém colocariam uma armadilha para seus bois ou uma vara em algum lugar mais, como você está fazendo aos billions dos povos desesperados que não têm anymore os rasgos a esperar para a ajuda dos someone?s. Você quê-los toda a parte externa seu escritório comê-lo vivo? Você quê-los em sua casa na noite fazer o que quer que quer? Você quer encontrar para fora sua filha tem o AIDS após ter-se deixado que está sendo violado apenas para comprar um cartão do telefone para chamar um amigo de dela e dizer-lhe o?It seria muito mais melhor se meu daddy fosse mais agradável e se nós todos nos amássemos?? Todas as forças das polícias do mundo não seriam bastante para parar sua vingança porque, com progresso technological, only um delas que controlaram sobreviver será bastante. Os pibres devem ser ajudados desde que compreendem demasiado o meaning da liberdade e da democracia. Mas liberdade e democracia como nós os conhecemos, não aqueles valores que você pensa de. Por favor, prossiga com os tempos e tenha um olhar NO PONTO GLOBAL DA VISTA: :a volta mental.

20. Por muitos anos, agora, nos comprometemos com a eliminação da pobreza e também conseguimos produzir algo bom, mas nossos produtos não são competitivos, não têm nenhum mercado e o desenvolvimento de um comércio justo não aponta. Qual é a sua sugestão?
Bravissimi.Quello che state facendo pur con tutte le sue contraddizioni è eccezionale. La lotta però non deve essere direzionata contro le multinazionali e le sovvenzioni all'agricoltura dei paesi ricchi. Va direzionata in aiuto delle multinazionali e dell'agricoltura dei paesi poveri. Proviamo a spiegarci meglio. Bisogna lottare perchè sia acquistato comunque il prodotto e assicurato il reddito a tutti, anche in caso di avversità, in ogni parte del mondo. Le multinazionali devono garantire la vendita del prodotto equosolidale allo stesso prezzo degli altri prodotti della stessa categoria suddividendo i costi fra tutti gli altri prodotti. Questa cosa non diminuirebbe i loro guadagni e se fatto nelle giuste proporzioni avrebbe una incidenza minima sui costi. Come già abbiamo detto queste povere multinazionali non vanno combattute, ma aiutate perchè sono gestite da incapaci. Nel modo che abbiamo detto noi aumenterebbe la popolazione con reddito e perciò il numero dei loro clienti, altrimenti come sta succedendo adesso continuano a diminuire le persone con reddito e perciò il numero dei loro clienti. Lo stesso con gli agricoltori dei paesi ricchi. Non vanno ostacolati, non vanno combattuti, sono loro che possono aiutare l'agricoltura dei paesi poveri a crescere. Sono l'alternativa al sistema monopolista delle multinazionali e dei sistemi comunisti. Gli vanno lasciate le sovvenzioni. L'agricoltura dei paesi ricchi funziona grazie alle sovvenzioni agli agricoltori. L'agricoltura dei paesi poveri non funziona perchè gli agricoltori non hanno le sovvenzioni. Vanno chieste sovvenzioni anche per gli agricoltori dei paesi poveri. Vanno stretti gemellaggi e trattati con le varie associazioni di coltivatori diretti creando strutture analoghe nei paesi poveri ed invitandole a fare investimenti ed avere quote azionarie nelle produzioni locali. Vanno attuate le risoluzioni di 2010: Eliminazione Povertà.

21. Você diz que mais de 900 milhões de pessoas pobres morreram por causa de discriminação devido à pobreza: como você calculou estes números?
Come data per l'inizio del calcolo abbiamo scelto quella della nascita dell'unilateralismo e del dominio mondiale del dollaro, cioè la caduta del muro di Berlino. Fu un grande passo in avanti per l'umanità. Però da quel giorno tutto viene valutato e quantificato in soldi e perciò nasce di fatto la guerra tra le lobbies economiche e la discriminazione esplicita dei poveri. L'aspettativa di vita media in un paese come l'Italia con fasce di povertà critica inferiori al 10 per cento è di circa 80 anni. Bisogna sommare tutte le persone nel mondo dal crollo del muro di Berlino ad oggi che sono morte ad una età inferiore di 80 anni e sottrargli il numero di tutti quelli che sono invece morti con età superiore a questi fatidici anni 80. Nel Maggio del 1999 quando tiravamo le somme sulla situazione nel mondo al termine della nostra prima tappa, la diffusione del punto di vista globale, il totale faceva circa 920 milioni. Da allora, sbagliando, non abbiamo più aggiornato il calcolo, però rimane il fatto che adesso bisogna fare un nuovo passo in avanti, eliminare la povertà.

22. Você pode me explicar como iniciar a campanha “Minha cidade no mundo”?
A questo pagina del nostro sito INTERNET CAMPAIGNS tutte le campagne di sostegno a 2010 Eliminazione Povertà promosse direttamente dalla Libera Associazione il Popolo

23. Como você pode dizer que a vida será eterna? É um truque religioso?
No, è un obiettivo alla portata del progresso scientifico. Con il progresso della medicina già la vita si è allungata notevolmente. Nei prossimi decenni diverrà sempre più lunga. Di conseguenza diverrà "eterno" anche l'amore. Uno avrà tutto il tempo per trovarlo e l'"eternità" per goderlo.

24. Qual é o maior truque de todos os tempos?
Quello di essere riusciti a far credere ai poveri e ai discriminati in genere che essi stessi siano la causa dei loro problemi. Quando sono malvagi è perchè lo sono, quando non lo sono è perchè non lo sono. Quando sono bravi è perchè lo sono. Quando non lo sono è perchè non lo sono. Sempre colpa loro e tutto che diventa una colpa. Il colore della pelle, gli handicap, le abitudini, le proprie condizioni sociali e quelle della propria nascita. Questo è il più grande inganno di sempre e nello stesso tempo il più grande ostacolo ad ogni possibile trasformazione. La colpa e la caccia ai colpevoli. Quando uno finalmente si rende conto che non è colpevole di nulla, allora va subito a cercare il colpevole di tutto. Sembrerà semplicistico, ma è rivoluzionario: non esistono colpevoli, siamo sempre e comunque tutti innocenti. Se c'è qualcosa che non va bisogna studiare le cause e modificarle, perchè i problemi non si risolvono perseguitando i colpevoli. Si risolvono modificando od eliminando le cause che li hanno generati. Cerchiamo le cause e non i colpevoli. Infiliamoci il preservativo e cerchiamo le penicilline e i vaccini e non Satana, Belzebù e gli untori. Eliminiamo la povertà che fra le tante cause forse è la più grossa. Quella su cui sembrano essere tutti d'accordo perchè effettivamente oggigiorno con le grandi possibilità offerte dal progresso della scienza e della tecnologia probabilmente lo è. La soluzione della maggior parte dei problemi oggigiorno è l'eliminazione della povertà. Eliminiamo la povertà per favore, così poi ce ne andiamo tutti a divertire. Eliminiamo la povertà per favore!

25. Você pode me explicar como colocar a economia em movimento novamente?
Vanno diffuse ed incoraggiate su scala globale le attività economiche che funzionano e producono reddito. Il turismo, lo sport, il wellness, l'agricoltura biologica, la produzione di energia pulita in proprio, i sistemi economici di piccole imprese ed interdipendenza solidale tipici dei piccoli comuni, le telecomunicazioni, gli acquedotti e i centri commerciali con grandi supermercati e nello stesso edificio decine di piccoli negozi in proprio. In particolare vanno attribuiti a chi li volesse i mezzi per intraprendere queste attività, gli va fornita consulenza, garantito il ritiro del prodotto e la pubblicità. Va garantito che il pagamento dei mezzi di produzione avverrà a rate sulla percentuale del reddito prodotto e comunque in misura da non impedire una sopravvivenza più che dignitosa ed il rispetto delle principali norme internazionali sull'ambiente, i diritti ed il lavoro. Vanno aiutati in ogni modo i giovani. Vanno messe in moto le Internet Campaigns e vanno attuate le risoluzioni di 2010 Eliminazione Povertà

26. Os ativistas estão muito decepcionados e frustrados por causa de falhas e traições: qual é a sua sugestão?
Non bisogna dare retta ai media, alle sensasioni o agli avvelenatori della vita, ci sono cose che uno può fare che sicuramente servono o si spera possano servire a qualcosa e ci sono cose che non si possono fare, ma questo non solo rispetto alla povertà, nella vita in generale. Quello che uno può fare e gli fa piacere fare ed è utile a tutti perchè non farlo? Se non serve a niente perchè farlo? Facciamo le cose utili, il consiglio è questo. Le cose inutili, senza senso dannose sfiaccano, tolgono la volontà, rendono impotenti. Le cose utili, belle, servono, danno forza, danno senso, non costano fatica, danno soddisfazione, perchè non farle? Noi vogliamo lottare per cose giuste, possibili, belle su cui tutti sono d'accordo perchè portano vantaggi a tutti! Non andiamo a caccia di nemici, eliminiamo la povertà per favore.

27. Utopias, auxílio econômico não funciona?
Noi parliamo di come rilanciare l'economia attraverso il finanziamento non a fondo perduto di attività che hanno dimostrato funzionare perchè hanno mercato e vengono svolte volentieri perchè piacciono, hanno successo e producono reddito. L'economia assistita è quella che finanzia a fondo perduto attività che non funzionano, come le guerre, le macchine a benzina, il monopolio dell'informazione, gli appalti mafiosi. Proprio il contrario di quello che stiamo proponendo. L'utopia è pensare che le cose possano andare bene senza 2010: Eliminazione Povertà!

28. Meu medo nasce do fato que a pobreza e a fome estiveram sempre presentes. Como você entende aquelas áreas onde gerações de povos cresceram a partir da má nutrição e, conseqüentemente, seus cérebros não se desenvolveram corretamente? Como pode você conseguirá salvar aqueles povos da ignorância enraizada que os faz vulneráveis à exploração por membros de sua própria comunidade?
In quelle zone serve l'intervento massiccio degli eserciti disarmati, serve l'intervento di tecnici delle forze di pace internazionali che rimangano insieme alle popolazioni finchè i giovani o chi è in grado di apprendere non abbiano messo in moto le attività minime per garantire la sopravvivenza dignitosa e la sconfitta della povertà. Serve anche la internet campaign "il mio comune nel mondo", quella in cui un piccolo comune ricco si fa carico di un piccolo comune povero. Oppure ancora le solite grandi organizzazioni che in cambio di soldi aiutino a loro modo le popolazioni.

29. Se o que você diz for assim tão fácil, por que não é implantado? Qual é o problema?
E' un problema determinato da impulsi psichici di tipo sessuale. Si confonde il controllo sulla propria sensazione interna riproduttiva con la sensazione di essere in grado di risolvere i problemi. Le energie e le risorse personali e sociali, vengono utilizzate per conseguire la sensazione di bravura e controllo invece che per risolvere problemi. Il paradosso è talmente evidente, i problemi stanno diventando così grossi e le soluzioni così semplici, che se anche i vari governanti fossero tutti affetti da morbo di Alzheimer, ben presto non potranno non prendere le adeguate misure. Quindi, nonostante mai nella storia umana il mondo sia stato in mano a simili incapaci, mai le soluzioni sono state così semplici e facilmente applicabili da tutti.

30. E como você resolve este problema da confusão mental devido aos desejos sexuais?
Ognuno lo risolva come vuole. Noi suggeriamo la non-violenza, il rispetto, l'amore, la cura e l'attenzione. Per quanto riguarda la confusione nella mente di chi governa va semplicemnte continuato a spiegare che non è tutto lo stesso problema, ci sono cose differenti. Il problema della povertà è una cosa e il colore delle mutande di qualche ragazza è un'altra cosa. La siccità è una cosa e la ritenzione idrica del proprio organismo è un altra cosa. Il metodo scientifico è una cosa e le sensazioni, le apparenze, si sa da tempo lontanissimo che ingannano: la sensazione di essere bravi e avere il controllo è una cosa, la soluzione dei problemi è un'altra cosa. Speriamo lo capiscano velocemente.

31. Eu tenho-o seguido durante muitos anos e realmente admiro o seu sucesso, mesmo nos piores fracassos. Qual é o seu segredo?
Le 3 leggi L.A.P., I 3 PRINCIPI SOCIALI DELLA NON-VIOLENZA in particolare la legge Schietti. Al di là di quello che si dice, si spera o si crede, nella pratica cercare di realizzare ciò su cui sono tutti d'accordo e porti in qualche modo vantaggio a tutti.

32. Esperemos que esta grande tarefa...
E' un obiettivo possibile che torna utile a tutti, è qualcosa di realizzabile soprattutto grazie al progresso tecnologico e quindi diamoci da fare. Eliminiamo la povertà per favore.

33. Como você derrotaria o terrorismo?
Il terrorismo è una conseguenza della mancata applicazione dei 3 Principi Sociali Della Non-Violenza . Le multinazionali delle armi, e dell'energia, hanno perseguito per anni la politica del "dividi et impera" finanziando ed aiutando tutto ciò che fosse contro qualcuno e volesse risolvere le problematiche attraverso l'uso della violenza. Vanno finanziati i moderati. In particolare non bisogna lasciare il tema dell'unione araba nelle mani dei fondamentalisti. Va incoraggiata l'Unione Araba e la Moneta Unica Araba ed allora saranno gli stessi arabi a risolversi in casa loro il problema dei fanatici e del terrorismo.

34.Eu gostaria de saber o que você pensa sobre a idéia introduzir impostos alfandegários para países como a China. Tais escolhas prejudicariam os pobres?
Grazie per la domanda, chiunque ne avesse altre le invii pure liberamente a . Siccome il nostro obiettivo non è insegnare, ma eliminare la povertà, se qualche risposta contenuta nel sito secondo voi fosse migliorabile, accettiamo suggerimenti da parte di tutti. Allora la domanda era sui dazi dei prodotti cinesi e in generale dei paesi cosidetti poveri. Il tema secondo noi va preso più alla larga. I prodotti cinesi e in genere quelli dei paesi poveri non rispettano le norme etiche internazionali sui diritti, l'ambiente ed il lavoro, di conseguenza costano meno e sono avvantaggiati. Ma quel pagarli meno i paesi ricchi lo pagano doppio per via delle conseguenze su scala globale che questa situazione genera a livello ambientale e sociale. L'attenzione va spostata sul tema delle norme etiche. Vanno importati solo prodotti che rispettano le norme etiche internazionali e aiutate le imprese che non rispettano queste norme a mettersi in regola attraverso il solito sistema delle scadenze e dei tempi di trasformazione. A quel punto i prodotti avrebbero le stesse caratteristiche di quelli dei paesi ricchi e non sarebbe più necessario fare distinzioni. Potrebbe essere anche momentamenteamente che vengano tassati solo i prodotti che non rispettino queste norme in modo che il loro prezzo si allinei e i soldi della tassazione utilizzati per finanziare le aziende che si vogliano mettere in regola. In questa direzione abbiamo lanciato due importanti campagne di mobilitazione: FINANZA ETICA PER TUTTI e CONSUMI ETICI PER TUTTI che si possono trovare alla pagina INTERNET CAMPAIGNS. Grazie ancora, a presto.

35. O que você pensa sobre o clube de Paris?
Il Club di Parigi è un Club del capitalismo, è un organizzazione di paesi creditori, cioè di paesi che prestano soldi ad altri paesi. Per entrarci più o meno bisogna avere più crediti che debiti. La nostra proposta per il Club di Pargi e per tutti i club analoghi è di trasformarsi da "usurai" a "investitori". La differenza consiste che i Club del capitalismo prestano soldi e non si preoccupano tanto dell'utilizzo di questi soldi. Li danno a chi vogliono loro, su garanzie che finora si sono sempre rivelate false, e chiedono una percentuale annua di usura su quei soldi prestati.
La nostra proprosta è che utilizzino i loro soldi per investimenti e non prestiti. Che diventino soci delle attività in cui investono. Se quelle attività funzionano, il loro capitale si rivaluta e ottengono anche una redistribuzione degli utili. Se l'investimento non funziona, perdono i loro soldi. Questo genererebbe che i "club di capitalisti" si occuperebbero del buon funzionamento del loro investimento e non della restituzione del prestito. Se questo passa in tre anni è cambiato il mondo a vantaggio di tutti, anche di questi club che vedono regolarmente svanire nel nulla i loro patrimoni e ogni volta devono ricominciare tutto da capo.

36. Que obstáculos você enfrenta?
In questa fase della nostra pianificazione soprattutto il pregiudizio. A volte delle parole assumono dei significati differenti a seconda di chi le legge generando fraintendimenti e a volte diciamo delle cose che non sono proprio giuste. Ma molti al posto di aiutarci ci giudicano male, ci accusano e ci contrastano senza neanche dirci perchè. Questo loro atteggiamento è sicuramente sbagliato ed è da ricondurre a certi sistemi ideologici in voga che si rifanno a concetti come la guerra preventiva, ad ogni minimo movimento spara, se non è con noi è contro di noi. Noi ripetiamo e continueremo a ripetere che non siamo contro nessuno, ci piacerebbe aiutare tutti e non abbiamo nessun problema a correggere i nostri sbagli. Basta che ci vengano segnalati e dimostrati. Le brutte figure si fanno nel perseverare a commettere errori , non nel farli. Errare umano.

37. Qual é sua opinião sobre o negócio de solidariedade?
Le organizzazioni presenti sul territorio sono le migliori dal punto di vista umanitario o nell'accaparrarsi donazioni e stanziamenti? Fra di loro collaborano o si ostacolano? La solidarietà è il fine o il mezzo? In percentuale, quanto investono nell'aiuto ai bisognosi, quanto in fasti e pubblicità e quanto per il mantenimento della propria organizzazione? Non ci crediamo più. Alcune organizzazioni già lo stanno facendo. Vogliamo vedere i bilanci e vogliamo dei revisori di conti indipendenti che li verifichino perchè se i soldi stanziati sono così tanti e i bisognosi sono sempore di più questi soldi non sono spesi bene. Vogliamo sapere dove vanno, a chi vanno, cosa ne fanno. Vogliamo sapere tutto, non deve sfuggire nulla perchè le chiese, i palazzi, le cerimonie e i monumenti sono sempre più belli e fastosi e i poveri sono sempre più poveri.

38. Você estaria pronto para lutar por suas idéias?
No, sarebbe un'assurdità. Si combatte per le idee sbagliate, quelle utili dopo il primo periodo di diffidenza vengono utilizzate e migliorate volontariamente. Un piatto di buon risotto non c'è bisogno di combattere perchè venga mangiato. Un prodotto buono si vende da solo e se lo regali si fa subito la coda.

39. Que você pensa sobre NENHUMA DESCULPA 2015, a campanha global da ONU para eliminar a pobreza extrema até 2015?
Avevano il progetto di dimezzarla per il 2015, poi sulla spinta di 2010: Eliminazione Povertà è entrata l'immagine e nell'Ottobre 2003 hanno precipitosamente deciso di rivedere i programmi ed accorciare i tempi lanciando NO EXCUSE 2015. Per il momento quello che dicono sono quasi tutte cazzate (del tipo che ogni giorno muoiono 10 milioni di bambini, che farebbe 3 miliardi e 650 milioni all'anno). C'è poco di concreto e scientifico. Sembra quasi che il loro fine sia quello di ottenere finanziamenti ed in cambio giustificare gli interventi armati per instaurare finte democrazie di stampo americano. Devono ancora prendere coscienza di quello che è scientifico, utile e realizzabile e di quello che invece sognano nei loro beati uffici. Credono che:
- le malattie si curino con le immaginette di Padre Pio e non negli ospedali seguendo precise indicazioni di carattere medico-scientifico;
- Mosè abbia attraversato il Mar Rosso volando e non a piedi sulla terraferma di Suez;
- Che Guevara fosse un nonviolento;
- l'AIDS si combatta tagliando l'uccello a chi gli diventa duro e non distribuendo un gran numero di preservativi;
- l'emancipazione femminile si ottenga "rendendo più probabili le sinergie virtuose" e non estendendo i diritti dei lavoratori alle professioniste del mestiere più antico del mondo;
- la povertà si elimini chiedendo l'elemosina e facendo la carità invece che fornendo canne da pesca ed insegnando ad usarle;
- si debba aumentare il commercio verso i paesi ricchi invece che verso e fra i paesi poveri;
- gli aiuti vadano tolti a chi li ha invece che dati a chi non li ha;
- la pace si ottenga sconfiggendo i propri nemici e non facendo la pace;
- il maggior gettito fiscale si ottenga aumentando le tasse invece che l'economia;
- debba rallentare l'economia dei paesi ricchi invece che accelerarsi quella dei paesi poveri;
- l'uomo non sia andato sulla Luna perchè ad esserci andati sono stati gli americani;
- loro siano delle brave persone e gli altri no;
- di aver ragione anche quando sbagliano;
- i loro leader siano infallibili ed invece devono sempre chiedere scusa
- loro siano nonviolenti ed invece poi si scandalizzano di fronte un bacio invocando la punizione divina;
- infine che i popoli si animino su decreto e non perchè gli torni comodo.
Senza offrire un'adeguata contropartita alle lobbies dell'economia mondiale, senza le risoluzioni di 2010 Eliminazione Povertà non ce la faranno mai: senza applicare la legge di Schietti sarà guerra e miseria ovunque. E' solo il 2003 e siamo già riusciti a smuovere il dinosauro del palazzo di vetro. Per il 2010 elimineremo la povertà, ce la faremo, forza ragazzi, diamoci dentro con le INTERNET CAMPAIGNS!


E-MAIL




TRADUÇÃO

The English into Português translation is by:
Name: Daniel Chaves Aamot
Country: USA
E-mail:
Web Site: http://members.tripod.com/danaamot/
Fields of expertise: Brazilian culture & history, social justice, poverty, human rights, grass-roots community development, religious movements, photography, artistic displays & publications, globalization, environment, economics, tourism.
Native Language: English & Portuguese (Brazil)
Language Combinations: English< >Portuguese (Brazil).

Este site foi traduzido em vários idiomas. Para mais informações, clique em:
Os tradutores do site 2010: Eliminação da Pobreza


Libera Associazione il Popolo

Home - Mappa del Sito


2010PEGMP

2010: Poverty Elimination Global Media Project








Libera Associazione il Popolo

2010: ELIMINAZIONE POVERTA' 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: POVERTY ELIMINATION 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: ELIMINAÇÃO POBREZA 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: ELIMINATION PAUVRETE 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: ELIMINACIÓN POBREZA 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: УНИЧТОЖЕНИЕ БЕДНОСТИ 2/9 3/9 4/9 6/9
2/9 3/9 6/9 2010 : القضاء على الفقر



GOOGLE ADSENSE

Google
 
Web 2010PEGMP











Most Popular Sites for Poverty Elimination

EN Most Popular Sites ES Sitos Más Populares IT I Siti Più Popolari del Web!