2010: ELIMINAÇÃO DA POBREZA - LIBERA ASSOCIAZIONE IL POPOLO


PÁGINA 4-9: AS PREVISÕES DO FUTURO

Home - Mapa do Site


ÍNDICE PÁGINA 4-9

1. AS PREVISÕES DO FUTURO
2. PERGUNTAS - RESPOSTAS


1. AS PREVISÕES DO FUTURO

A Lei sobre as previsões para o Futuro diz:
- tomar sempre em consideração todas as cinco possibilidades: melhor, pior, igual, começo e fim.
- relacionar o maior número de dados certos possíveis e verificar que não são contraditórios.

Com base na Lei sobre o Futuro e de acordo com os dados que possuímos, as 5 possibilidades em escala global são:

1. Fim.
Prevalecem os interesses de parte dos vários grupos de poder. A situação econômica, psíquica, social e ambiental cai irreversivelmente na violência e na autodestruição.
2. Pior.
A situação degrada-se cada vez mais até que intervenham os exércitos, impondo a ditadura, instaurando a lei marcial, mantendo permanentemente o estado de guerra.
3. Igual.
O poder procede a ajustamentos que permitem manter a situação numa espécie de impasse caracterizado por um sistema de informação pouco fiável, uma grande injustiça social, falsas democracias, mobilização de massas, crise econômica, atos terroristas, gestos de loucura, migrações, guerras, carestia e desastres ecológicos.
4. Melhor.
Com a internet difunde-se a comunicação de massa. Progressivamente, são introduzidos mecanismos de correção até a regionalização tipo UE das principais zonas do planeta e a eleição de um governo mundial democrático.
5. Início.
Ponto de vista global , 3 princípios sociais da não-violência , 2010: Eliminação da Pobreza . Início de uma nova fase da história da humanidade, caracterizada pela não violência, pelo método científico e pela prosperidade.


2. PERGUNTAS - RESPOSTAS

1. O que pensam das intervenções armadas em defesa da paz e da democracia?
São um disparate porque a violência gera violência.

2. O que propõem de diferente?
2010: ELIMINAÇÃO DA POBREZA , Campanha Global Para o Desenvolvimento Possível.

3. O que pensam do terrorismo de matriz islâmica?
Nós somos pela construção de uma União Árabe. Pôr obstáculos ao seu nascimento é um enorme erro, que alimenta o surgimento do fundamentalismo.

4. Da ONU?
É um instrumento de falsa democracia.

5. Dos manifestantes antiglobalização antiamericanos?
Muitos grupos que não são de modo algum não violentos, científicos e democráticos perseguem causas justas como o ambiente, os direitos e a paz.

6. E dos Americanos?
Cada povo tem as suas qualidades e os seus defeitos. Liberdade e democracia sem amor e não violência não têm nenhum significado. O contrário idem.

7. O que pensam do choque de civilizações?
De acordo com os dados de que dispomos, baseados também na correspondência com centenas de pessoas de todos os cantos do mundo, não está em curso nenhum choque de civilizações. As civilizações são perfeitamente compatíveis entre si. Está em curso um confronto entre lobbies poderosas com um certo predomínio das que estão ligadas ao dólar e ao projeto New Roma- Império Mundial Americano.

8. O que entendem por regionalização tipo União Européia das principais zonas do planeta?
Referimo-nos, em particular, aos Países Árabes, à América Latina, ao Sudeste Asiático e toda a África ao sul do Sahara. Os Estados Unidos tiveram sucesso porque são uma confederação de estados. A união faz a força e assim será também para a Europa. Mas vejamos o exemplo de África. As fronteiras foram traçadas sobre a mesa das potências colonialistas e os conflitos étnicos que a devastam são ainda a sua principal consequência. O problema não está em redefinir as fronteiras ou o jogo de forças no interior de um sistema de nações injusto. Devem ser unidas as forças e garantida a dignidade e a riqueza de cada etnia no interior de uma grande nação Africana. A inexistência de uma grande nação africana é uma grande desvantagem para todos, até para as multinacionais das matérias primas, que têm de despender grandes somas para armar os exércitos que defendem os seus investimentos.

9. Qual é o fenômeno crescente que mais incomoda vocês?
A violência sexual. A pobreza, a repressão, a propaganda e a necessidade propiciam um florescente mercado onde as lobbies habituais administram o abuso maciço do corpo alheio. Milhões de pessoas estão submetidas à esqualidez, ao estupro e à perversão. Os próprios abusadores tornaram-se as primeiras vítimas. Quase ninguém se cura das consequências psico-sociais. Os jovens são abandonados ao desespero e às doenças sexuais. A emancipação da mulher é uma recordação já perdida na esperança de algumas mentes iluminadas. Para dar uma idéia, a ponta do iceberg, na internet são difundidas milhões de cenas de sexo explícito com rapazes que não usam preservativo. Estes rapazes arriscam a vida por poucos Euros. Melhor dizendo, são frequentemente convencidos a fazê-lo de borla, com as habituais falsas promessas, por gabarolice ou vaidade e sem saberem que estão a ser filmados. Mas os clientes virtuais são muitas centenas de milhões e para as companhias telefónicas o negócio é enorme. Também por este motivo somos pela não-violência e pela eliminação da pobreza.

10. Se os acontecimentos se precipitassem na situação 2 ou 1, o que seria necessário fazer?
Em muitos pontos do mundo já vivem todos na situação 1 ou na situação 2. Para a situação 1 é necessário arranjar alguns manuais de sobrevivência, lê-los e tê-los à mão. No caso de nos apercebermos de que estamos mortos significa que se perdeu a vida, mas não a consciência. Para a situação 2 não é necessário arriscar-se, sobretudo se se está já comprometido com o poder dominante.

11. No caso de nos apercebermos de que estamos mortos, o que sugerem fazer?
Para nós, a prioridade até 2010 deve ser a eliminação da pobreza, pelo que sugerimos que se faça, em cada caso, o que propomos na página do nosso site ATIVAÇÃO IMEDIATA.

12. O que entendem por emancipação da mulher?
A maioria dos comportamentos humanos, quer a nível pessoal quer a nível social, são determinados pelas escolhas que se fazem com base nas interpretações dos impulsos que o corpo fornece à consciência. Por emancipação da mulher entendemos, portanto, uma sociedade que valorize tanto os impulsos gerados pelo corpo feminino como pelo masculino. Por exemplo:
- a brandura e a dureza
- a rotundidade e a quadratura
- a recepção e a penetração
- a inteligência e a força
- a limpeza e a desordem
- a confusão e a ordem
- o ensino e a aprendizagem
- a dor e o prazer
- a parte e o todo
- o bem e o mal
- a necessidade e o desejo
- a justiça e o respeito
- a igualdade e a diversidade
- a vida e a morte
- o ódio e o amor
- Deus e o Diabo.
Com certeza não acreditamos na piada que a igualdade dos sexos é determinada pelo fato de as mulheres também irem à tropa. Estamos a falar de uma verdadeira revolução, na criação de novas condições mentais com as quais a consciência possa fazer escolhas historicamente adequadas, o ponto de vista global . .

13. O turismo sexual?
Existem vários tipos de turismo sexual. Quem nunca tirou férias na praia, na esperança de uma conquista? Até aqui, nada de errado. Porém, sabemos que neste últimos anos, milhões de pessoas foram de férias para destinos "exóticos" por razões inerentes ao abuso sexual de menores de 14 anos. Às vezes discute-se um caso específico de pedofilia e um grupo de 10-15 pedófilos. Os pedófilos no mundo são dezenas de milhões. Se as condições de extrema pobreza não se atenuarem rapidamente a nível global, punindo os culpados que não têm uma justificação para este tipo de violência, entre outras coisas, nos anos vindouros haverá alguns milhões de crianças "exóticas", provavelmente infetadas pelo HIV, que entretanto cresceram em busca da satisfação do seu desejo de justiça. De que forma, é difícil de imaginar. Mas, em geral, é uma das inúmeras maneiras possíveis nas quais se corre o risco de acabar na situação 1.
Para evitar a catástrofe é preciso uma pequena transformação. As pessoas que erram devem ser ajudadas: em toda a parte é necessário passar rapidamente de um sistema punitivo para um sistema reeducativo.

14. Se tiver início uma nova época, em que momento terá lugar a viragem?
Vocês sabem que:
1. exércitos são o maior recurso da humanidade.
2. A verdadeira viragem da história acontecerá quando os exércitos não forem mais utilizados para a guerra peace keeping, na luta contra a criminalidade ou defesa dos bastiões do poder mas sim para dar apoio aos povos necessitados, na construção de grandes obras ou para as emergências de qualquer tipo.
3. O negócio mais lucrativo do mundo são os fornecimentos aos exércitos e isto desde os tempos de Tutankamon e Nabucodunosor. Pensem bem: as marmitas, os capacetes, as armas, os sapatos para todas as estações, o punhal, a adaga, a baioneta comprida, a baioneta curta, a média, a faca, facas grandes e pequenas, a mochila grande e a pequena, a provisão k, a camiseta verde...
4. Utilizando os exércitos para objetivos humanitários, se garantiria o trabalho aos soldados de profissão, aos dependentes das indústrias bélicas e a continuação do negócio aos industriais do setor.
5. Em lugar dos mísseis, poderiam ser construídos equipamentos hospitalares, tratores e meios de produção, para serem oferecidos ou vendidos em prestações sem adiantamento, sem garantias bancárias, sem juros, em percentagem segundo o rendimento produzido, às populações necessitadas e os quais os exércitos poderiam ensinar a usar relançando a economia dos países pobres e de todo o mundo.
6. Seria maravilhoso se, na realidade, não existissem conflitos e a guerra se transformasse numa modalidade esportiva com muitas medalhas olímpicas.
7. Desta forma, todos os povos seriam felizes, as crianças, as mulheres, os jovens e os idosos mais ainda. Todos seriam alegres, o amor triunfaria e a vida seria uma festa.
8. Esta seria a típica aplicação da Lei de Schietti, o primeiro princípio social de não- violência.
9. Neste sentido, a Libera Associazione il Popolo promove a Campanha na Internet O EXÉRCITO DO AMOR.

15. Em que consiste a crise da economia monetária?
Devido à competição selvagem, para reduzir os custos diminuem os salários e baixando os salários diminui o capital destinado à compra de produtos. Reduzindo a quantidade de produtos comprados diminui a produção. Diminuindo a produção decrescem os lucros e aumentam as despesas e torna-se necessário diminuir os salários. Para resolver a crise econômica é preciso aumentar os salários e vender a prestações produtos que dão rendimento e que, portanto, possam ser pagos com o rendimento que produzem. Para entender melhor, é essencial pôr em prática as resoluções da campanha global para o desenvolvimento possível 2010: Eliminação da pobreza. .

16. O que pensam da Internet?
A música, o cinema e a televisão produziram sono e alterações psíquicas, um pouco como as religiões: bilhões de pessoas que andavam pelo mundo entre a vigília e o sono, sem se dar conta de nada. Foram pouco mais do que uma série de imagens e sons sem uma percepção tátil, discordantes da vida real que, pelo contrário, produziam vontade de dormir ou de andar como possessos devorados por delírios de todo o gênero. A Internet pode fornecer a passagem direta da situação entre a vigília e o sono delirante numa esquizofrenia coletiva. Uma espécie de paradoxo existencial em que, de um lado, há um mundo de felicidade virtual, protagonismo e liberdade, e do outro, um mundo real de violência, exploração e destruição. A Internet é filha dos tempos em que vivemos e a prossecução melhor ou pior do que até agora sempre foi. Se a Internet se tornar parte integrante da realidade, se a Internet contribuir para a afirmação do ponto de vista global, então a Internet será um dos meios principais da mais ampla revolução de todos os tempos. Caso contrário, após as religiões, o cinema e a televisão, um novo tipo de droga, um instrumento de compensação da realidade. Uma das muitas maneiras de caminhar rumo ao ponto 1, o do fim, sonhando na felicidade.

17.E de quem luta contra a pobreza?
Em primeiro lugar, temos de esclarecer que há muitas maneiras de lutar contra a pobreza. Eliminação da pobreza é um conceito que inclui o relançamento da economia, a luta contra o analfabetismo, mais do que a malária, a fome ou a violência. Os que estão ocupados numa atividade de voluntariado, mas também os que são justamente retribuídos por um trabalho útil para a comunidade, pode-se dizer que estão a lutar contra a pobreza. Mesmo quem paga os impostos financia a saúde pública, a educação, a cooperação internacional e, por isso, a eliminação da pobreza. Certamente devemos pensar com elogio nos que trabalham arriscando a própria vida em situações para além do normal limite de aceitação. Estas pessoas são os grandes heróis da nossa época, são numerosíssimas e merecem ocupar todos os dias os títulos dos jornais e da TV. Não os terroristas, os falcões e os burocratas. Para nós que estamos sofrendo, para nós que não aguentamos mais, para nós, a grande maioria do seres humanos do planeta Terra, os nossos heróis são eles e o nosso primeiro grande abraço, o nosso primeiro sincero agradecimento é para cada um deles. Obrigado!

18.Qual é o ponto de vista de vocês sobre a atuação do Banco Mundial e do FMI?
Devido ao problema de, antes de mais nada, ter de obedecer às lobbies ligadas ao dólar, foram adotadas políticas exclusivamente em prol destas, desencadeando uma série apavorante de resoluções erradas que empobreceram bilhões de seres humanos: povos, nações e continentes inteiros. Em todos os lugares há um conflito social, luta entre os pobres, destruição do tecido solidário, busca da própria sobrevivência pessoal em detrimento do conjunto social. De fato, todos estão contra todos e ninguém pode confiar no seu próximo. Por consequência, aconteceu que às cúpulas políticas, econômicas e militares, mas sobretudo ao Banco Mundial e ao FMI, chegaram pessoas que cuidam apenas do seu interesse pessoal em prejuízo das organizações das quais fazem parte e da comunidade social. Para sair desta situação, não é importante substituir estas figuras principais da empresa por outras até piores, mas é preciso aplicar as resoluções de 2010: Eliminação da Pobreza .


E-MAIL




TRADUÇÃO

The Italian into Português translation is by:

Name: Carlotta Cuppi
Country: Italia.
E-mail:
Fields of expertise: traduttore tecnico-scientifico, manualistica e traduzione legale - consulente del tribunale.
Native Language: italiano
Language Combinations: portoghese > italiano, inglese>italiano


Este site foi traduzido em vários idiomas. Para mais informações, clique em:
Os tradutores do site 2010: Eliminação da Pobreza


Libera Associazione il Popolo

Home - Mappa del Sito


2010PEGMP

2010: Poverty Elimination Global Media Project








Libera Associazione il Popolo

2010: ELIMINAZIONE POVERTA' 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: POVERTY ELIMINATION 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: ELIMINAÇÃO POBREZA 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: ELIMINATION PAUVRETE 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: ELIMINACIÓN POBREZA 2/9 3/9 4/9 6/9
2010: УНИЧТОЖЕНИЕ БЕДНОСТИ 2/9 3/9 4/9 6/9
2/9 3/9 6/9 2010 : القضاء على الفقر



GOOGLE ADSENSE

Google
 
Web 2010PEGMP











Most Popular Sites for Poverty Elimination

EN Most Popular Sites ES Sitos Más Populares IT I Siti Più Popolari del Web!